Ubes – União Brasileira dos Estudantes Secundaristas

ABES E UEB DEFENDEM DIÁLOGO PARA O FIM DA GREVE DA PM
9 de fevereiro de 2012
EM BLUMENAU, ESTUDANTES PROTESTAM E PREFEITO RECUA NO AJUSTE ABUSIVO NA TARIFA DOS COLETIVOS
13 de fevereiro de 2012
Mostrar todos os posts

GO: GREVE DA REDE DE ESTADUAL DE ENSINO COMPLETA 11 DIAS

Nesta sexta-feira (10), cerca de mil estudantes mais uma vez saíram em manifestação no estado de Goiás, com as caras pintadas de verde, azul e amarelo, entregaram aos representantes do governo documento com as pautas reivindicadas

Na última sexta-feira (10), os estudantes de diversas escolas e grêmios estudantis, junto à União Goiana dos Estudantes Secundaristas de Goiás  (UGES) saíram mais uma vez em manifestação pelas ruas do estado, dessa vez rumo ao palácio do governo.  Aberta a possibilidade de diálogo, apenas seis dos estudantes foram autorizados a participar da reunião, que em acordo com o secretário de Relações Institucionais do governo, ouviu as pautas dos estudantes do lado de fora do prédio.

Representantes de classes, diretores e presidentes de grêmios subiram ao palácio, junto à UGES e diretores da UBES em ato formal para participar da reunião com o secretário de Relações Internacionais e assessores do governador do Estado, Marconi Perillo. As pautas reivindicadas foram documentadas em procedimento para ser encaminhadas à Secretária de Educação Estiveram.

Acompanhe os principais pontos de reivindicação:

VALORIZAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO: tendo o direito ao piso salarial sem perder a titularidade, formação continuada, plano de carreira e chamada pelos concursos públicos.

GESTÃO DEMOCRATICA NAS ESCOLAS: respeito à lei do grêmio livre, abertura das escolas para receber as entidades estudantis e a garantia de assentos para os estudantes no Conselho estadual de educação;

REESTRUTURAÇÃO DAS ESCOLAS: reimplementação do programa escola aberta, abrindo as escolas aos finais de semana para realização de atividades supervisionadas; reabertura dos laboratórios e contratação de professores especializados;

REFORMULAÇÃO CURRICULAR: anulação das alterações do “Pacto pela Educação”, projeto de lei apresentado na assembleia legislativa pela Secretaria de Educação do Estado de Goiás e a insatisfação com  a nova matriz curricular implementada pelo governo.

PASSE LIVRE IRRESTRITO: para garantir o acesso à escola, e entendendo que a educação não pode se resumir apenas ao ambiente da sala de aula, precisando garantir o acesso dos jovens às diversas atividades no estado.

LUTA DOS ESTUDANTES E PROFESSORES GANHA FORÇA
Em apoio aos professores, junto ao movimento estudantil, os jovens de Goiás estão indo às ruas desde a última quinta-feira (2), veja mais. Com suas pautas que já começaram a ganhar a simpatia dos pais e toda população, os municípios de Goiás começam cada dia mais à juntar-se na luta por melhorias na educação.

Em Anápolis, também na sexta feira, professores e estudantes do município de foram às ruas em grande mobilização que reuniu cerca de 600 pessoas. Veja abaixo a galeria de fotos da manifestações no estado.

[slideshow]